.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

POR RENAN F.M.: EU OLHO PARA O ELENCO DO PALMEIRAS 2017 E VEJO ISSO

Por Renan F.M.
Elenco do Palmeiras

A derrota do palmeiras para o Vitória-BA fez o time dar adeus ao título Brasileiro de 2017 (Título já é do Corinthians), alem disso a derrota me mostrou algumas coisas que vou dizer aqui:

Primeiro vejo um treinador interino pensando assim: Essa é a chance da minha vida, eu tenho que ganhar, tenho que ganhar...tenho que ganhar. Mas na realidade ele está mais perdido que cego em tiroteio, percebi isso quando ele colocou o garoto Fernando para estrear no profissional no meio de uma fogueira (não gostei).

Também olho para o banco e vejo um Felipe Mello pensando assim: Como eu posso ser reserva do Bruno Henrique? O que eu fiz de errado nessa vida?

Olho para o Guerra e vejo ele pensando assim: Agora faltando 20 minutos com o time perdendo ele me coloca para resolver? Ta de sacanagem...

Vejo o Roger Guedes pensando assim: Não to nem ai, ano que vem vou para a Europa mesmo PORQUE MEU EMPRESARIO É MUITO BOM!

O Zé Roberto pensa assim: Ta certo que eu tenho 43 anos mas eu não sou pior do que o Egídio (NINGUÉM É PIOR QUE ELE, NEM EU E NEM VOCÊ QUE ESTÁ LENDO ISSO).



Olho mais um pouco e vejo o Hyoran e Raphael Veiga pensando assim: O que eu vim fazer aqui se não me deixam nem tentar entrar em campo?

E por fim olho para o Érik e para o Juninho e vejo eles pensando assim: Eu sempre fui ruim de bola mais esse ano eu to de parabéns.

RESUMINDO: É muita gente insatisfeita ao mesmo tempo e claro que isso não tem como dar certo mesmo. Espero que ano que vem a diretoria passe um podão nesse elenco e só deixe os jogadores que realmente se importam com o time.

VOCÊS TAMBÉM CONSEGUEM VER ESSAS COISAS OU EU ESTOU FICANDO LOUCO? COMENTE GALERA

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

VALENTIM MERECE FICAR EM 2018? RENAN F.M. RESPONDE

Por Renan F.M.
técnico do palmeiras
FICA OU NÃO COMO TREINADOR PARA 2018?

A pergunta que não quer calar: O Palmeiras vai deixar Valentim no cargo de treinador em 2018?
A resposta óbvia é NÃO...MAS DEVERIA!

Digo que a resposta óbvia é NÃO porque se fosse para ele continuar o Palmeiras já o tinha efetivado. O Palmeiras só fará isso se o verdão conseguir a façanha de ser campeão Brasileiro de 2017 (coisa que ficou muito difícil depois das “Parmeradas” ou melhor “Juizadas” contra o Cruzeiro e Corinthians).

Eu digo que deveria deixar o Valentim no cargo simplesmente porque no mercado não temos muitos “camarões”, quer dizer tem o “camarão” do Felipão...Vai falar para um Palmeirense que o Felipão vai voltar pra você ver a brabeza dele.

Outro nome é Luxemburgo, medalhão e pelo que percebo não é unanimidade entre os Palmeirenses.

Quem mais...vamos ver...Ajuda ai pessoal?

Está vendo como é difícil achar alguém como foi na hora DA CHEGADA do Cuca (que era uma unanimidade entre todos), então porque não deixa o Valentim que tem o carinho dos jogadores e quem sabe pode achar o caminho das glórias em 2018.

Teremos mais rodadas até o fim do Brasileirão 2017 para o Valentim mostrar que pode comandar o time em 2018, pra mim ele teve dois erros no jogo contra o Corinthians que pode comprometer a permanência dele:


468x60_BF

PRIMEIRO: Ele não deveria ter tirado o Keno no intervalo porque o Corinthians estava inteiro fechado, ai ele tira o Keno que tem drible e coloca o Roger Guedes que tem correria, mas vai correr pra onde Guedes? Não tem espaço...

SEGUNDO: Ele foi mal na entrevista coletiva de criticar o arbitro, por mais que o juizão passou o facão no Palmeiras ele não pode fazer isso, quem tem que falar são os dirigentes, por falar nisso cadê o Mattos que sumiu? Não fala mais nada...Será que é outro que vai puxar o carro em 2018?

VAMOS AGUARDAR OS PRÓXIMOS CAPÍTULOS DESSA NOVELA. O QUE ACHARAM DO TEXTO GALERA? CONCORDAM OU NÃO? DEIXE SEU COMENTÁRIO, PARTICIPE.

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

GRÊMIO X LANÚS: BRASIL X ARGENTINA

Grêmio e Lanús vão fazer a grande final da Libertadores 2017, esse duelo também coloca a frente a maior rivalidade do mundo do Futebol (Brasil x Argentina).

Libertadores 2017
14ª VEZ QUE BRASIL X ARGENTINA SE ENFRENTAM EM FINAIS
Em final de Libertadores esse duelo será o 14º entre esses dois países para decidir quem é o melhor da América.

Os Brasileiros estão em desvantagem, conquistaram 4 vezes contra 9 vitórias dos Argentinos. Só o Grêmio perdeu duas decisões contra Argentinos.


As duas finais aconteceram nos dias 22 de novembro e 29 de novembro, o segundo jogo é na Argentina.

Confira as finais de Libertadores entre clubes do Brasil e da Argentina:

1963 - Santos x Boca (Santos campeão) 

1968 - Palmeiras x Estudiantes (Estudiantes campeão) 

1974 - São Paulo x Independiente (Independiente campeão) 

1976 - Cruzeiro x River Plate (Cruzeiro campeão) 

1977 - Cruzeiro x Boca (Boca campeão) 

1984 - Grêmio x Independiente (Independiente campeão) 

1992 - São Paulo x Newell's (São Paulo campeão) 

1994 - São Paulo x Vélez (Vélez campeão) 

2000 - Palmeiras x Boca (Boca campeão) 

2003 - Santos x Boca (Boca campeão) 

2007 - Grêmio x Boca (Boca campeão) 

2009 - Cruzeiro x Estudiantes (Estudiantes campeão) 

2012 - Corinthians x Boca (Corinthians campeão)


E AI VOCÊ ACREDITA EM MAIS UM TITULO DO GRÊMIO OU VAI DAR LANÚS? COMENTE GALERA.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

PONTOS CORRIDOS TEM FINAL SIM! VEJA O PALPITE DO BLOG

Quem falou que pontos corridos não tem final?

Palmeiras

Nesse domingo (05/10/2017) tem derby com cara de final no Brasileirão 2017, Corinthians líder isolado pega o Palmeiras segundo colocado com 5 pontos a menos que o timão.

O Palmeiras perdeu a chance de apimentar ainda mais o jogo quando deixou de ganhar do Cruzeiro, se isso acontecesse a diferença iria ser de apenas 3 pontos, já imaginou?

Na verdade quem não deixou isso acontecer foi o Heber Roberto Lopes que anulou um gol legal do Palmeiras contra o Cruzeiro e deixou o clássico “menos” atrativo.

Mesmo assim vai ser um jogão na Arena do Corinthians com torcida única do timão...

Se o Verdão quiser continuar na briga ele precisa ganhar o jogo, para o timão um empate não seria mal resultado, mas não tenho duvidas que o Corinthians vai pra cima do Palmeiras também.


O PALPITE:

O Blog gosta de palpitar, então eu vou fazer isso agora...Não fiquem bravos mas o “Polvo” me disse que esse clássico vai dar Corinthians com placar de 2x1.

Será? deixe seu palpite abaixo e se acertar vai ter print na nossa página no facebook.

PAGINA DO BLOG > ACESSE AQUI

terça-feira, 17 de outubro de 2017

PAULISTÃO 2018: GRUPOS E NOVIDADES NO REGULAMENTO

A FPF (Federação Paulista de Futebol) sorteou nesta terça-feira (17) em sua sede, na Barra Funda, em São Paulo, os grupos do Paulistão 2018. Um dos integrantes da competição é a Ponte Preta, vice-campeã neste ano. A Macaca caiu no Grupo B, ao lado de São Paulo, Santo André e São Caetano.

Campeonato Paulista

O regulamento do Estadual será exatamente o mesmo de 2017. Na primeira fase, que começa em 17 de janeiro, os times jogarão contra as equipes dos outros grupos. Os dois primeiros colocados de cada avançam para as quartas de final, se enfrentando dentro do próprio grupo em duelos de ida e volta.

Os dois últimos colocados no geral da primeira fase serão rebaixados para a A2 no ano de 2019.

Os classificados à semifinal serão organizados de acordo com a soma da pontuação nas etapas anteriores. Os jogos também serão em ida e volta, a exemplo como a grande decisão, que será no dia 8 de abril. As datas foram antecipadas devido à Copa do Mundo.

Banner Corrida 728x90
Grupo A 

Corinthians

Linense

Ituano

Bragantino

Grupo B (GRUPO DA MORTE)

São Paulo

Ponte Preta

Santo André

São Caetano

Grupo C 

Palmeiras

Novorizontino

São Bento

Ferroviária

Grupo D 

Santos

Botafogo

Mirassol

RB Brasil

Novidade

A principal mudança no Paulistão do ano que vem será no limite de inscrições. Serão 26 atletas por equipe (três goleiros e 23 de linha) – em 2017 foram 28. Porém, os clubes poderão apresentar outra lista com número ilimitado de jogadores da base. Veja abaixo as regras específicas para esse caso:

Idade: de 16 anos completos a nascidos até 1997

Estar registrado pelo clube, sem empréstimos, por no mínimo 12 meses

Ter participado de competição de base da FPF em 2017 ou antes

Máximo de 5 atletas dessa lista podem estar em campo simultaneamente

Outra nova regra é que os cartões amarelos serão zerados ao término da primeira fase.

E AI VAI APOSTAREM QUEM PARA SER CAMPEÃO DO PAULISTÃO? EM 2017 NÓS DO BLOG ACERTAMOS O CAMPEÃO, LOGO VAMOS POSTAR O PALPITE PARA 2018. FIQUEM LIGADOS.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

QUANTAS RODADAS SEU TIME FICOU NA ZONA DE REBAIXAMENTO DESDE 2003

Confira quantas rodadas seu time passou no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos que teve inicio desde 2003. No total foram 41 clubes diferentes que disputaram o Brasileirão e todos eles passaram pelo menos uma rodada no Z4.

Brasileirão

Veja essa interessante lista (Dados foram colhidos até a data da publicação da matéria):

FIGUEIRENSE: Ficou 108 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos. A última vez foi na edição de 2016, quando caiu. Nesse período foram três quedas (2008, 2012 e 2016)

ATLÉTICO-PR: Ficou 98 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos. A última vez foi na edição de 2017 do campeonato. Nesse período caiu apenas em uma oportunidade, em 2011.

ATLÉTICO-MG: Ficou 95 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2017 do campeonato. Nesse período, caiu apenas em uma oportunidade, em 2005.

NÁUTICO: Ficou 92 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2013, quando caiu. Nesse período foram duas quedas (2009 e 2013)

BOTAFOGO: Ficou 89 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2016 do campeonato. Nesse período, caiu apenas em uma oportunidade, em 2014.

CORITIBA: Ficou 89 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos. Ocupa a zona da degola na edição 2017 do campeonato. Nesse período caiu em duas oportunidades (2005 e 2009).

ATLÉTICO-GO: Ficou 88 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, e ocupa a lanterna da edição de 2017 do campeonato. Nesse período, foi rebaixado uma vez, em 2012. 

VASCO: Ficou 85 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2017 do campeonato. Nesse período caiu em três oportunidades (2008, 2013 e 2015).

AVAÍ: Ficou 81 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, e ocupa a zona de rebaixamento na edição de 2017 do campeonato. Caiu duas vezes no período (2011 e 2015).

GOIÁS: Ficou 77 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2015 do campeonato, quando caiu. Nesse período, caiu em duas oportunidades (2010 e 2015).

SPORT: Ficou 74 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, e já ocupou a zona de rebaixamento na edição de 2017. Nesse período, caiu em duas oportunidades (2009 e 2012).

AMÉRICA-MG: Ficou 70 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2016, quando caiu. Nesse período foi rebaixado duas vezes (2011 e 2016).


FLAMENGO: Ficou 69 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2015 do campeonato. Apesar do alto número, nunca foi rebaixado nesse período.

VITÓRIA: Ficou 62 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, e já ocupou a zona de rebaixamento na edição 2017 do campeonato. Caiu três vezes no período (2004, 2010 e 2014).

SANTA CRUZ: Ficou 61 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2016 do campeonato. Caiu em duas oportunidades no período (2006 e 2016).

FLUMINENSE: Ficou 57 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2013 do campeonato. Apesar do número, não foi rebaixado no período.

PAYSANDU: Ficou 54 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2005 campeonato, quando foi rebaixado e não voltou mais para a Série A.

PALMEIRAS: Ficou 49 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2014 do campeonato. No período, foi rebaixado em uma oportunidade (2012).


PONTE PRETA: Ficou 44 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos e ocupa a zona de rebaixamento na edição 2017. Nesse período caiu em duas oportunidades (2006 e 2013).

CRICIÚMA: Ficou 43 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2014 do campeonato, quando caiu. Foi rebaixado duas vezes no período (2004 e 2014).

CORINTHIANS: Ficou 42 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2012 do campeonato. Nesse período, foi rebaixado em uma oportunidade (2007).

PORTUGUESA: Ficou 41 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2013 do campeonato, quando caiu e não voltou mais. Foi rebaixada em 2008 e 2013.

BAHIA: Ficou 39 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2017 do campeonato. Foi rebaixado em duas oportunidades no período (2003 e 2014).

PARANÁ: Ficou 39 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2007, quando caiu pela única vez no período e não voltou mais para a Série A.

SANTOS: Ficou 38 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na 1ª Rodada da edição de 2016 do campeonato. Nunca foi rebaixado na competição.

JOINVILLE: Ficou 38 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, todas elas na edição de 2015 do campeonato, quando acabou rebaixado pela única vez no período.

GRÊMIO: Ficou 37 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2015 do campeonato. Foi rebaixado uma vez nesse período, em 2004.

GUARANI: Ficou 36 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2010 do campeonato, quando caiu e não voltou mais. Caiu duas vezes (2004 e 2010).

IPATINGA: Ficou 35 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2008 do campeonato, quando caiu pela primeira e única vez no período. Não voltou.

AMÉRICA-RN: Ficou 35 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2007 do campeonato, quando caiu pela primeira e única vez no período. Não voltou.

JUVENTUDE: Ficou 34 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2007 do campeonato, quando caiu pela primeira e única vez no período. Não voltou.

SÃO PAULO: Ficou 34 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, e já ocupou a zona de rebaixamento da edição de 2017 do campeonato. Nunca foi rebaixado na competição.

FORTALEZA: Ficou 30 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2006 do campeonato, quando caiu. Caiu duas vezes no período (2003 e 2006). 

GRÊMIO PRUDENTE: Ficou 25 rodadas no Z4 na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2010 do campeonato, quando foi rebaixado pela primeira e única vez no período. Não voltou.

CRUZEIRO: Ficou 24 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2016 do campeonato. Nunca foi rebaixado na competição.

BRASILIENSE: Ficou 21 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última vez na edição de 2005 do campeonato, quando caiu pela primeira e única vez no período. Não voltou

INTERNACIONAL: Ficou 18 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2016 do campeonato, quando foi rebaixado pela primeira vez no período.

SÃO CAETANO: Ficou 17 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2006 do campeonato, quando caiu pela primeira e única vez no período. Não voltou.

SANTO ANDRÉ: Ficou 15 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2009, quando foi rebaixado pela primeira e única vez no período. Não voltou mais.

CHAPECOENSE: Ficou 12 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos. Já ocupou a zona da degola na edição 2017 do campeonato. Nunca foi rebaixado desde que subiu para a Série A.

CEARÁ: Ficou 10 rodadas no Z4 do Brasileirão na era dos pontos corridos, sendo a última na edição de 2011 do campeonato, quando foi rebaixado pela primeira e única vez no período.

RANKING DAS TORCIDAS NAS REDES SOCIAIS: OUTUBRO/2017

O IBOPE REPUCOM divulgou o ranking do mês de Outubro das torcidas nas redes sociais.

CONFIRA A LISTA COMPLETA:
torcidas


E AI GALERA, SEU TIME ESTÁ NA LISTA? DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESSE RANKING